Como escolher um adestrador ?

Existem vários fatores que podem e devem influenciar a sua escolha por este ou aquele adestrador profissional. Alguns destes fatores são puramente objetivos, outros subjetivos. O importante é considerar o conjunto que mais se aproxima da sua necessidade e de suas expectativas.

Alguns pontos que podem ajudar na hora de escolher um adestrador são:

Quanto tempo ele já está nesta profissão?
Onde o adestrador aprendeu a adestrar cães? Ele aprendeu sozinho ou tem formação específica comprovada?
Aprendeu a adestrar, ou já trabalhou com adestradores renomados?
Ele faz cursos ou seminários para se atualizar, está a par de novas técnicas de adestramento?
Por que o adestrador escolheu esta profissão? Ele vive exclusivamente dela ou é um bico para complementar a renda dele?
O adestrador gosta de cães? Gosta de pessoas?
Ele parece paciente e disposto a tirar todas as suas dúvidas?
Ele parece preocupado em ajudar particularmente o seu caso, ou o relacionamento dele é padrão?
Ele é fácil de ser encontrado em caso de emergência e tem boa vontade em atendê-lo?
Ele cumpre horários e compromissos?
Ele tem preços e formas de pagamento que são acessíveis para você?
Ele pode oferecer referências?
Ele aceita que você participe ativamente dos treinamentos, fazendo perguntas, acompanhando as sessões de treinamento e "colocando-a-mão-na-massa"?
Ele reconhece particularidades no temperamento do seu cachorro (dominante, medroso, sensível, tímido) e adapta as técnicas empregadas de forma a atender a estas particularidades?
Ele permite que você assista ou participe de uma sessão de treinamento, sem compromisso, antes de você tomar sua decisão final?
Qual é a finalidade do treinamento oferecido? Treinar o seu cão para competições de obediência ou provas de trabalho? Proteção de propriedades e pessoas? Regras de bom comportamento para um cão de família (sem intenção de competir)?
Resolver problemas específicos de comportamento do seu cão?
Você se sente a vontade com o adestrador?