Obediência

O treinamento em obediência básica compreende os comandos de: andar junto, sentar, deitar, ficar e vir para o dono (aqui), sendo todos ensinados com o cão preso a guia. O tempo de duração do adestramento varia de cão para cão, pois implica que tipo de cão que o cliente possui e o que se espera dele, sem contar com informações importantíssimas como: temperamento, idade, vícios de comportamento, como o dono lida com ele, etc.. considerando estas hipóteses o adestrador (em conjunto com o dono) estuda a melhor forma de se realizar um trabalho no sentido de melhorar o convívio de ambos. Um cão de bom temperamento levaria em média de 4 a 7 meses para aprender a obediência básica.

Considerações para um bom trabalho de obediência

  • Procure não comandar o cão antes de ter aula com o adestrador;
  • Se o proprietário desejar saber algo sobre o treinamento, ou tiver algum problema seja qual for à natureza, o mesmo deverá procurar a nossa empresa e informar;
  • O dono começará a ter aulas com o adestrador a partir do momento em que o cão já saiba alguns comandos da obediência básica (junto, senta, deita, fica e aqui);
  • Adquirir um enforcador de elos de tamanho adequado ao pescoço do cão (nós fornecemos);
  • Adquirir uma guia com pelo menos um metro e meio sendo esta sem molas e feita de material que não estique ao manuseá-la (nós fornecemos);
  • Evite passear com o cão antes de ter aulas com o adestrador se ele: arrasta você, briga com outros animais, cheira o chão, pula nas pessoas...;
  • Seja coerente com o cão, pense sempre no que aquela ação poderá desencadear num futuro próximo, exemplo: entrar em casa, brincar com pano de chão ou tapete, pegá-lo no colo ou deixá-lo subir em você ou móveis, dar nossa comida para ele, etc..., não o deixe fazer hoje o que não quer para o futuro (lembre-se que com cerca de sete meses ele já terá quase que totalmente seu tamanho adulto);
  • Não brincar com o cão pelo menos de 15 a 20 minutos antes e depois das aulas de adestramento;
  • Se você for sair de casa e o cão for ficar sozinho por um período longo, não brinque e nem converse com ele durante pelo menos 15 minutos de sua ida e volta, pois ele poderá ficar ansioso devido a sua falta e acabar brincando com seus móveis, plantas,... Etc.;
  • Se o cão for ficar sozinho, procure deixá-lo em um local aonde ele não tenha acesso as suas coisas, evitando assim destruição dos seus objetos;
  • Não dê petiscos para o seu cão à toa, incentive-o, faça-o trabalhar, pois ninguém recebe pagamento sem trabalho, cobre um senta, deita, a pata e vocês notarão o quanto um petisco vale para um cão, sem contar que você estará reforçando o que ele esta aprendendo ou já aprendeu;
  • Crie o hábito de passar pelo menos 15 minutos do seu dia com o seu cão, escovando-o, brincando ou apenas passeando com ele (após liberação do adestrador), isto fará bem para a socialização do mesmo, sem contar às experiências que ele encontrará na rua, fazendo com que ele se torne cada vez mais obediente a você.